Publicado em: sexta-feira, 22/06/2012

Carta aponta suposto local de onde estaria corpo de Eliza Samudio

O desaparecimento de Eliza Samudio pode finalmente chegar ao fim por conta de uma denúncia anônima. José Arteiro Cavalcante, advogado da mãe de Eliza, que era ex-namorada do goleiro Bruno Fernandes, declarou que recebeu uma carta, que indicaria o local onde os restos mortais de Eliza estariam depositados.

A carta teria chego até as mãos, da mãe de Eliza, Sônia Samudio, na última quarta feira (20). Ela estava em Belo Horizonte participando de um programa de televisão. A carta indica que os restos mortais estariam em um poço, localizado no bairro Planalto, região norte de Belo Horizonte.

Esta não é a primeira vez que Arteiro recebe informações deste tipo e declarou que irá recorrer à polícia para que a denúncia seja investigada. Entretanto, a assessoria da Polícia Civil informou que o delegado Wagner Pinto, chefe do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Minas Gerais, ainda não acessou ao conteúdo da carta.

Histórico

Desde o desaparecimento de Eliza, em 2010, a polícia promoveu inúmeras buscas pelo corpo da mulher, que seria supostamente vítima do goleiro Bruno. No começo deste mês, o desaparecimento de Eliza completou já dois anos de mistério. Há ainda no processo mais outros sete réus, além de Bruno.

O que a Polícia Civil acredita é que Bruno teria mandado matar Eliza. O goleiro vivia um dos melhores momentos da carreira no time do Flamengo e foi detido em julho de 2010. O colega dele conhecido como Macarrão e o ex-policial envolvido no processo conhecido como Bola, também aguardam o processo encarcerados.