Publicado em: quarta-feira, 03/12/2014

Carros do Uber em São Paulo são melhores do que táxi mas a espera também é maior

Carros da Uber em São Paulo são melhores do que táxi mas a espera também é maiorPara aqueles passageiros que estão com pressa e desejam optar por um táxi ao invés de ônibus, a experiência destes pode ser muito melhor caso optem por pegar um carro da Uber, os motoristas são totalmente cordiais com seus passageiros e a qualidade dos veículos também é superior, porém caso esteja com muita pressa é melhor optar por um taxi, já que a espera por automóveis da Uber pode ser superior a de um táxi comum.

Atualmente aqui no Brasil só existe o serviço Uberblack, que é considerado o mais luxuoso, em algumas cidades da Europa e também dos Estados Unidos, existem opções que são mais baratas do que a versão de luxo do serviço da Uber, pelo Uberblack, o motorista tem a orientação de abrir a porta para o passageiro, além disso ele também deve oferecer água, ser discreto e manter o ar condicionado ligado o tempo todo.

Os motoristas que fazem parte do serviço tem avaliações semanais e caso esses não alcancem e mantenham o nível de aprovação dos passageiros em 92%, são retirados do serviço, em São Paulo o tempo que se espera por um Uber pode ser maior do que o tempo de espera por um taxi comum.

Em localidades como Perdizes e Pinheiros a espera por um automóvel da Uber foi de 12 minutos, já no centro de São Paulo, mais especificamente no bairro Santa Cecília, o tempo de espera pode chegar a 15 minutos, já em Interlagos não foram localizados automóveis da empresa que estivessem nas proximidades, o objetivo da Uber é que haja automóveis disponíveis em todo o centro urbano mundial e que o tempo que as pessoas esperem por estes seja de apenas 3 minutos.

Caso o passageiro deseje realizar uma corrida longa, esta poderia levar um tempo menor utilizando táxi comum, já que com este seria possível ter acesso aos corredores de ônibus existentes na cidade, enquanto que com os automóveis da Uber isso não é possível, a empresa envia também um relatório para os passageiros contendo o trajeto o preço e também os dados da viagem e também o motorista responsável por conduzir o carro.

Segundo informações de motoristas que fazem parte do serviço, o fato de existir uma liberdade nos horários de trabalho é muito bom, o faturamento deles pode chegar até R$ 3 mil semanais, sem descontar os custos, mas descontando os 20%, uma espécie de comissão que fica com a empresa, além disso os motoristas também declaram que chegam a trabalhar por 15 horas seguidas em um único dia.