Publicado em: sábado, 29/10/2011

Carro-bomba do Taleban contra comboio da Otan deixa quatro mortos

Ataque suicida em Cabul, capital do Afeganistão, contra um comboio com soldados da Organização do Tratado Atlântico Norte (Otan) deixou ao menos quatro mortos neste sábado. O grupo Taleban reivindicou o ataque em uma mensagem enviada à mídia e também explicou que foi realizado por um insurgente em um carro carregado de explosivos. A explosão aconteceu na praça de Darulaman. Autoridades da Otan no Afeganistão não confirmaram o número de mortos e feridos.

Os óbitos que foram confirmados são de três civis e um policial, de acordo com o porta-voz do Ministério de Interior afegão, Sediq Sediqqi. Atualmente, a região de Cabul está sob controle das forças de segurança e a cidade vive frequentemente situações desse tipo. O Taleban defende que organiza ataques suicidas para expulsar as tropas internacionais no Afeganistão. O grupo também reivindica que tenta derrubar o governo, que agora está sob comando do presidente, Hamid Karzai.

O alvo original do ataque era o comboio da Otan que levava um ônibus militar. Logo após a explosão a área foi isolada por forças de segurança e também pelos soldados da Otan. Helicópteros chegaram para levar os feridos aos hospitais. Os militares tentavam fazer curiosos se afastarem da região.

Neste mesmo sábado o Taleban organizou três ataques diferentes contra a coalizão liderada pelos Estados Unidos no país. O segundo ataque foi na região sul, onde um atirador conseguiu matar dois soldados e depois foi morto. O terceiro foi realizado por uma mulher suicida que explodiu seu corpo em um escritório do governo perto da fronteira com o Paquistão.