Publicado em: domingo, 13/05/2012

Carolina Dieckmann resolve não processar Google

Na sexta-feira, o advogado Antonio Carlos de Almeida, conhecido como Kakay, anunciou que não pretende mais processar o site de busca Google pelo vazamento das fotos íntimas de sua cliente, Carolina Dieckmann. De acordo com o advogado, em entrevista, a companhia lhe enviou uma carta em que o Google afirma encontrar dificuldades técnicas e solicita mais informações sobre o caso.

O advogado de defesa da atriz afirma que escreverá uma carta resposta para o Google informando sobre o caso e que não existe mais motivos processar a companhia, porque aconteceu o diálogo esperado. Na quinta-feira, Kakay tinha afirmado que iria processar o Google depois que este disse não ter nenhuma responsabilidade sobre as buscas do site.

Caso

Fotos íntimas da atriz Carolina Dieckmann foram parar na internet na sexta-feira passada (4). As imagens foram feitas com a câmera do aparelho celular da atriz, e mostram Dieckmann em momentos íntimos como em uma banheira. Em várias fotografias Carolina Dieckmann aparece sem roupa.

Kakay afirma que o vazamento das imagens da atriz global irá começar uma polêmica com relação a legislação e as penalidades envolvendo o crime. A Polícia Civil afirma que as investigações sobre o caso estão acontecendo e que a perícia no computador de Carolina Dieckmann está sendo aguardada. A Polícia Civil não informou maiores detalhes sobre o assunto.