Publicado em: quarta-feira, 02/05/2012

Carlinhos Cachoeira recebeu visita de familiares durante o feriado

O bicheiro Carlinhos Cachoeira, acusado de comandar o esquema do jogo do bicho no estado de Goiás foi preso no final de fevereiro e está aguardando o fim das investigações no presídio da Papuda, em Brasília. No feriado do Dia do Trabalho, o bicheiro recebeu visita do irmão e da esposa, Andressa Mendonça. A visita durou aproximadamente uma hora e as informações foram repassadas por agentes da penitenciaria.

Segundo o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), os presos da penitenciaria podem receber visitas no horário das 9h às 12h, todas as terças-feiras. Cachoeira recebeu a mulher e o irmão, mas não houve contato físico. Os presos, segundo o Depen, ficam separados por um vidro. O bicheiro está no presídio da Papuda desde meados de abril, no entanto foi preso no final de fevereiro pela Polícia Federal. A Operação Monte Carlo investigava o bicheiro há mais de um ano e agora ele está sendo acusado de comandar o jogo do bicho. Além disso, a investigação concluiu que políticos e policiais estavam envolvidos com a quadrilha.

Advogada diz que Cachoeira está preocupado com a defesa

Em entrevista, a advogada do bicheiro, Dora Cavalcanti, disse que como ontem era dia de visita, obviamente alguém passou pela penitenciaria para visitá-lo. Ela disse ainda que o Carlinhos Cachoeira não tem mantido contato físico com a família e só recebe visita seguindo as normas do presídio. Dora disse também que o bicheiro aguarda pedido de liberdade que tramita no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Segundo ela, seu cliente está preocupado com a defesa e aguarda resultado do pedido, mesmo que uma liminar já tenha sido negada. Sobre o processo judicial em que a defesa questionou a validade das escutas telefônicas, a advogada disse que não tem novidades e que estão esperando o resultado do juiz.