Publicado em: terça-feira, 08/05/2012

Cápsulas com carne humana são apreendidas na Coreia do Sul

Nesta terça-feira (8), a polícia da Coreia do Norte divulgou as fotografias das cápsulas que foram encontradas no país. Estas cápsulas foram produzidas com pó de carne humana de bebês. De acordo com as autoridades locais, as cápsulas eram contrabandeadas da China e quem as consumia não sabiam do que se tratava.

De acordo com a alfândega da Coreia do Sul, as cápsulas eram feitas com corpos dos bebês, que eram cortados em diversos pequenos pedaços e, posteriormente, secos em estufas para poderem se transformar em pó. Não foram divulgadas informações de quem fabrica as cápsulas nem mesmo o lugar exato onde são produzidas.

Produtos que ferem a dignidade

Segundo um funcionário da alfândega em entrevista para agências de notícias internacionais, a introdução destas cápsulas no país vai contra a lei na qual produtos que ferem os valores e a dignidade humana são proibidos. Depois de uma denúncia feita em 2011 pela TV SBS, os chineses começaram a investigar a suporta fabricação de comprimidos com carne humana.

A TV SBS tinha acusado as empresas farmacêuticas chinesas de estarem de acordo e até colaborarem com as clínicas que fazem aborto para conseguirem o material necessário. Em agosto do ano passado, mais de 17.400 cápsulas foram descobertas na alfândega da Coreia do Sul. Grande parte dos comprimidos vem disfarçada em bolsas.