Publicado em: terça-feira, 27/03/2012

Candidata é desclassificada do Miss Universo Canadá por ser transexual

A canadense Jenna Talackova, de fios de cabelos louros, traços delicados e longas pernas era uma das grandes candidatas para vencer o Miss Universo Canadá. No entanto, foi desclassificada porque, de acordo com a própria, já foi um homem no passado. A modelo transexual de Vancouver possui 23 anos e acusou a organização do concurso de beleza por discriminação.

Mais de 28.000 pessoas já assinaram um pedido para que a modelo retorne ao concurso. Os organizadores afirmaram no site oficial do evento que a jovem teve sua desclassificação porque “não cumpria com os requisitos para competir, apesar de ter indicado o contrário em seu formulário de inscrição”.

Protestos

A organização responsável pelo Miss Universo Canadá, Beauties of Canada Oranization, disse que possui todos os direitos para eleger a candidata para representar o Miss Universo. Jenna Talackova estava entre as 65 candidatas finalistas do concurso deste ano, e acredita que sua desclassificação ocorreu devido sua troca de sexo.

O acontecido gerou diversos manifestos. O autor do pedido on-line pelo site change.org, Oscar Dimant, afirmou que a desclassificação foi um ato discriminatório e repugnante. Talackova afirmou, em uma entrevista feita em 2010, que soube que era uma mulher bem cedo e deu início, aos 14 anos, a uma terapia hormonal. Aos 19 anos, a jovem passou por uma cirurgia para mudança de sexo.