Publicado em: terça-feira, 13/12/2011

Câncer de Lula -Tumor reduziu 75%

Em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira, dia 12 de dezembro, os médicos que acompanham o tratamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, disseram que o tumor diminuiu 75% e, desta maneira, não será preciso fazer uma cirurgia. De acordo com os médicos, era esperado que o tumor diminuísse, mas reduziu expressivamente.

O médico Paulo Hoff afirmou que todos estão muito satisfeitos e surpresos com os resultados do tratamento. O ex-presidente chegou ao hospital Sírio Libanês às 7h30 na segunda-feira para sua última sessão de quimioterapia. O chefe da equipe médica, Roberto Kalil Filho, afirma que Lula fez diversos exames que mostraram que o tumor diminui, e diz ainda que o “quadro químico é muito bom”.

Segundo informações dos médicos, o ex-presidente estava nervoso antes da realização dos exames, mas ficou tranquilo após ficar sabendo dos resultados. A partir de janeiro, Lula passará por sessões de radioterapia e a estimativa é de que o tratamento seja encerrado até março de 2012. Segundo o médico Artur Katz, o caminho da cura, se ele existe, passa pelo estado de redução do tumor.

Os médicos informaram também que a rouquidão de Lula diminuiu, sendo um efeito da diminuição do tumor. Porém, o tratamento de radioterapia pode fazer com que a rouquidão volte, pois ele, geralmente, inflama a garganta. O ex-presidente já havia se antecipando com relação a um dos efeitos da quimioterapia, cortando a barba e o cabelo. Do visual que o povo estava acostumado a vê-lo, restou somente o bigode.