Publicado em: quinta-feira, 20/06/2013

Canal Fox aposta em dublagens para atingir nova classe C

Canal Fox aposta em dublagens para atingir nova classe CFruto do imenso desejo da maioria dos produtores de conteúdo dentro desses últimos dois anos, a classe C conseguiu encontrar abrigo, mesmo que ainda pequeno, nos canais da Rede Fox. A principal receita que vem sendo utilizada pela programadora, que acabam recorrendo aos recursos provenientes de operadoras como a Net e a Sky para a transmissão dos canais, e que chegou acrescer 55% no ano fiscal que termina neste mês, foi a transmissão de programas dublados e de séries nacionais. O diretor-geral da emissora, Gustavo Leme, informou que ele e a diretoria perceberam que o público da classe C estava chegando à Tv por assinatura, mas que os hábitos que estavam acostumados é mesmo muito diferente.

Pensando nisso, foi pensado em uma maneira de continuar seguindo estes hábitos. A Fox começou então a dublar os canais e acelerou as produções nacionais, contratando um vice de programação que buscava a popularidade da tv aberta, como Record e SBT. Outra inovação foi o lançamento do canal de esportes, focando os trabalhos principalmente sobre o futebol. Mas o imenso salto da receita ocorreu com “eyeballs”, globos oculares, assim como Leme teria descrito o faturamento que ocorreu juntamente com os assinantes das operadoras.

Ela declarou que isso não teria se refletido em anúncios, mas que eles chegaram a crescer 28%. Tendo um percentual muito menor com relação á publicidade, a média deste aumento da receita da Fox chegou á 49%. Gustavo disse que este é o momento de mudanças e que há algum tempo a diretoria se reuniu e chegaram á conclusão de que ou alguma coisa mudaria ou a Foxx jamais se estruturaria de maneira mais sólida no país. Isso ocorreu há dois anos, e tudo coincidiu quando a emissora comprou parte da Hicks Muse no Fox Sports.