Publicado em: quinta-feira, 01/12/2011

Canadá afirma que Protocolo de Kyoto é “coisa do passado”

O governo do Canadá declarou que considera o Protocolo de Kyoto “coisa do passado”, mas não concedeu maiores informações sobre a veracidade dos boatos sobre a retirada formal da sua participação na continuidade do acordo. Atualmente, o Protocolo é o único acordo que prevê a redução da emissão de gases-estufa pelos países desenvolvidos, sendo que foi desenvolvido para evitar que a temperatura global suba em 2ºC. A 17ª Cúpula da Organização das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP17) tem como um dos objetivos a renovação do acordo.

Em entrevista coletiva, o ministro canadense do Meio Ambiente, Peter Kent, afirmou “não vamos realizar um segundo compromisso com Kyoto . Nosso governo pensa que o compromisso do anterior governo (canadense) com o Protocolo de Kyoto foi um dos maiores erros já feitos. O compromisso de nosso governo é com Copenhague e com um plano realista de redução de gases com efeito estufa alinhados com nosso vizinho (Estados Unidos)”.

Com relação especificamente ao Canadá, o Protocolo estipulava que a emissão de gases seria reduzida em 6% em relação aos índices de 1990. Porém, já no em 2009 foi identificado que a emissão havia aumentado 34% em comparação à década estabelecida. A meta do Canadá deveria ser atingida até 2012.

Além do Protocolo de Kyoto, a 17ª COP visa debater também a instauração de um “fundo verde”, o qual seria consolidado por contribuições dos países desenvolvidos para investir em estruturas de adaptação às variações climáticas previstas com o aquecimento global que devem atingir as regiões em desenvolvimento.