Publicado em: sexta-feira, 17/05/2013

Campo Grande: Lei do silêncio interdita Jockey Club

Campo Grande: Lei do silêncio interdita Jockey ClubO local que era palco de diversos shows e eventos na capítal do Mato Grosso do Sul, foi impedido pela Secretaria do Meio Ambiente de realizar eventos festivos. Segundo a prefeitura, há reclamações do barulho por moradores ao redor e a falta o alvará para funcionamento de eventos. Por ora, o Jockey Club fica destinado apenas para corridas de cavalo. O termo foi publicado no dia 13 de maio, no Diário Oficial.

Jamil Name, o presidente do Jockey, afirma que os laudos do lugar estão em dia, e que serão tomadas medidas para recorrer da decisão da justiça.

O show da dupla Munhoz e Mariano, estava marcado para o sábado, dia 18 de maio. Segundo Jamil, há providências para que o show aconteça.

Apelo da dupla Munhoz e Mariano para show em Jockey Club

A dupla Munhoz e Mariano, mobiliza por meio de comunicado em redes sociais e pede o apoio da população para conseguir a liberação para realizar o evento. Os artistas buscam por meio de uma documentação, que o espaço seja palco de seu próximo show, marcado para o próximo sábado.

A decisão pegou a todos de surpresa, como os empresários da dupla e a diretoria do Jockey Club, principalmente por ser publicada apenas cinco dias antes de um novo evento.

É grande a movimentaçãoo para que o show ocorra normalmente, e todo o investimento já feito, como gastos com publicidade, colaboradores e estrutura não sejam em vão. A prefeitura não mudou a decisão, e a expectativa dos artistas é grande quanto a liberação.

A lei do silêncio presente no código civil, é uma norma aplicada para evitar barulhos e ruídos que possam causar danos à saúde de humanos e animais, geralmente é aplicada em casas noturas estabelecendo restrições.