Publicado em: sexta-feira, 07/12/2012

Campeão japonês vence representante da Oceania na primeira partida do Mundial

Campeão japonês vence representante da Oceania na primeira partida do MundialComo não poderia deixar de ser, a primeira partida do Mundial de Clubes da Fifa, realizada na última quinta-feira (6) no Estádio Internacional de Yokohama, foi muito fraca tecnicamente. Mesmo assim, o campeão japonês, o Sanfrecce Hiroshima, derrotou o Auckland City, campeão da Oceania, por 1 x 0 e garantiu vaga nas quartas-de-final da competição internacional.

Com a classificação, o Sanfrecce Hiroshima poderá ser o adversário do Corinthians na semifinal do Mundial. Mas pelo futebol e nível técnico apresentados, será muito difícil que a equipe japonesa consiga derrotar o campeão africano, o Al-Ahly-EGI. Essa partida será disputada na manhã do próximo domingo (9) no Estádio Toyota, na cidade homônima, e quem vencer vai encarar o Timão.

Além da estreia oficial da edição 2012 do Mundial de Clubes da Fifa, a partida entre Sanfrecce Hiroshima contra Alckland City também marcou a estreia do uso da tecnologia que permitirá avaliar, em um lance duvido, se a bola realmente entrou ou não dentro do gol. Mas em um jogo tão fraco tecnicamente não era de se esperar que essa tecnologia fosse realmente utilizada e nenhum lance testou o novo equipamento.

Desde o início do primeiro tempo, o campeão japonês mostrou-se ser um time infinitamente superior ao do seu adversário, uma equipe praticamente amadora, com algumas chances. A equipe neozelandesa não criou uma oportunidade sequer e o goleiro japonês, Nishikawa, não fez uma defesa sequer durante todo o jogo. O único lance realmente perigoso no primeiro tempo foi uma bola na trave do Hiroshima. Mas na segunda etapa finalmente saiu o único gol do jogo. Aos 20 minutos, Aoyama recebeu livre na intermediária e soltou uma bomba no ângulo do goleiro adversário.