Publicado em: sábado, 15/10/2011

Campanha Nacional Contra o Câncer de Boca teve segunda fase lançada

Nesta sexta-feira, o Rio de Janeiro foi o palco para o lançamento da segunda fase da Campanha Nacional Contra o Câncer de Boca. O evento faz parte do Programa Brasil Sorridente e foi coordenada com ajuda do Instituto Conexão Saúde.

O Ministério da Saúde, desenvolveu a campanha como uma forma de alertar a sociedade sobre a prevenção do câncer da boca e conseguir diminuir os números e casos graves da doença. De acordo com o Ministério, com o autoexame é possível detectar a presença da doença ainda em fase inicial. De acordo com o Instituto, o câncer de boca é um tipo de câncer que tem chances de cura total quando é diagnosticado de forma precoce. Nos casos mais avançados, apresenta risco de morte e também o isolamento da pessoa da sociedade.

Na opinião do presidente do Instituto Conexão, Rodolfo Candia Alba Junior o programa também deve demonstrar a importância do cirurgião dentista, já que este o primordial para que a doença seja diagnosticada. Com a consulta regular ao dentista, o paciente pode ser notificado de qualquer tipo de anormalidade e também ser orientado para os tratamentos necessário. “O cirurgião-dentista pode avaliar as condições de higiene da boca de seus pacientes e indicar a melhor terapêutica que lhes garanta a saúde bucal”, afirma.

A Campanha tem como principal objetivo ensinar a população como fazer o autoexame e ainda orientar de forma didática que qualquer tipo de anormalidade, como o aparecimento de manchas ou buracos pode ser um indício do câncer de boca.