Publicado em: sexta-feira, 07/10/2011

Campanha de recall para recolher Toddynho começa no Rio Grande do Sul

Após admitirem que as embalagens continham produto de limpeza, a empresa Pepsico do Brasil Ltda começou uma campanha para recolher aproximadamente 80 unidades de Toddynho Original no Rio Grande do Sul. A Pepsico deve trocar as embalagens por produtos parecidos ou desenvolver o dinheiro aos consumidores. O ato foi protocolado no Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça.

As embalagens que serão trocadas pertencem aos lotes L4 32 05:30 a L4 32 06:30, fabricadas em São Paulo, na unidade de fábrica em Guarulhos. A empresa afirma que já coletou no mínimo a metade dos 80 produtos dos lotes. Os outros estão com os consumidores. A Pepsico indica que os produtos não sejam tomados e colocou um médico no Serviço de Atendimento ao Consumidor para orientar aqueles que tiveram contado com a bebida.

Em nota oficial, a Pepsico disse que de acordo com a investigação houve falha no processo de limpeza dos equipamentos, e então algumas embalagens de Toddynho possuíam produtos de limpeza. No comunicado, a empresa ainda afirma que foram recolhidos, dentro da fábrica, alguns produtos impróprios, mas outros acabaram chegando ao mercado.

O Laboratório Central do Rio Grande do Sul afirmou ter achado ph de 13,3 no lote 4 32, e este é parecido com o da soda cáustica. Até as análises serem concluídas, o produto está proibido de ser comercializado no estado. A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul informou que até a quinta-feira foram registrados 39 casos de intoxicação causados pelo Toddynho.