Publicado em: quinta-feira, 13/02/2014

Calouros aprovados na USP doam cabelos para crianças com câncer

Calourosda USP doam cabelos para crianças com câncerCom as aprovações no vestibular e o ingresso na universidade, a grande preocupação surge com os famosos trotes feitos com os calouros. Muitos são polêmicos por conta da violência e abuso da parte dos veteranos, entretanto, há quem use o trote universitário de forma consciente e solidária, esse foi o caso dos calouros que irão estudar no Instituto de Matemática e Estatística (IME), da Universidade de São Paulo (USP). É tradição em muitas universidades cortar o cabelos dos calouros, porém desta vez resolveram dar destino aos fios, transformando-os em perucas para crianças com câncer.

As perucas são destinadas a ONG Cabelegria, as exigências são que, ao menos as mexas de cabelo possuam 10 centímetros de comprimento. O calouro Wesley Faveron, de 20 anos, diz que já participou de outro trote quando foi aprovado no vestibular da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), porém não permitiu que cortassem seus cabelos porque fariam de brincadeira. Mas agora, calouro pela segunda vez, aprovado no curso de matemática pela USP, decidiu participar do trote e cortou 20 centímetros do cabelo por acreditar na boa finalidade desta ação solidária.

TROTE SEM VIOLÊNCIA

Além do trote solidário, ainda há outro tipo acolhida aos calouros de forma mais festiva com venda de comida, bebida, camisetas da faculdade, banhos de lama, jogos de futebol e até pintura nos novos universitários com a cor do bloco em que irão estudar. Segundo a caloura Giovanna LiaToledo, ela conta que participou das atividades e se sujou de tinta, porém foi prevenida, imaginando que isso aconteceria levou toalhas e troca de roupas, apesar de toda a bagunça, se sente feliz e espera ainda se divertir e aproveitar. Tudo isso é promovido pelo o Grêmio Politécnico, os sete centros acadêmicos da unidade e a Atlética, como forma de fazer a interação entre os calouros e veteranos.