Publicado em: domingo, 08/07/2012

Caixa terá que pagar multa de R$ 72 mil por demora em atendimento a correntista

A Caixa Econômica Federal terá que pagar uma multa de R$ 72 mil reais, além de responder a um processo judicial, depois que demorou para fazer o atendimento de um dos seus correntistas em uma agência localizada na cidade paulista de São José do Rio Preto.

A multa foi aplicada pelo Procon depois que Júlio César Valim, administrador rural de 36 anos, reclamou que demorou cerca de 2 horas e 50 minutos para ser atendido no banco. Irritado com o mau atendimento, Valim procurou o órgão de defesa do consumidor e exigiu que a lei do município que diz que o banco que demorar mais de 30 minutos para atender os seus clientes deverá pagar uma multa.

Em entrevista, Valim contou que essa não tinha sido a primeira vez que houve demora no atendimento realizado nessa agência. De acordo com o administrador, ele esteve no banco em duas ocasiões. A primeira delas foi no dia 20 de dezembro, quando o atendimento demorou 50 minutos.

A segunda vez foi no dia 22 de dezembro, quando o banco demorou mais de duas horas para fazer o atendimento do cliente. Ele ainda contou que quem o aconselhou a fazer a reclamação oficial no Procon da cidade foi uma advogada que também estava na fila para ser atendida na agência.

Para fazer a sua reclamação no órgão de defesa do consumidor, o administrador rural utilizou como provas os papéis de senha e protocolo de atendimento do caixa que registra, a hora de chegada e atendimento do cliente. Esses documentos comprovaram que houve uma demora no atendimento de Valim e a prefeitura constatou que havia ocorrido a irregularidade. A Caixa Econômica Federal é reincidente no caso e não recorreu da multa.