Publicado em: quinta-feira, 22/03/2012

Caixa lança o projeto “Ação Online Caixa”

A Caixa Econômica Federal já apresentou ao público seu serviço de home broker, o “Ações Online Caixa”. O projeto foi apresentado ontem na Bolsa de Valores de São Paulo (BM&FBovespa). A caixa foi uma das últimas instituições a disponibilizar compra e venda de ações pelo sistema online. A proposta demorou cerca de cinco anos para ser colocada em prática. O banco já possui mais de 6 milhões de clientes cadastrados no internet banking, os quais agora podem se conectar com o mercado de capitais. A idéia é popularizar o mercado de capitais. Na perspectiva do vice-presidente de Finanças da Caixa, Marcio Percival, esse processo deverá contribuir com o desenvolvimento do mercado acionário, e principalmente para incluir a classe média nesse setor da economia que ainda não está popularizado.

A idéia inicial é que pelo menos 5% das ações sejam de seus próprios clientes. É esse o percentual observado no capital de outros bancos. Neste momento a proposta do banco é focar em 500 mil clientes que possuem renda de, no mínimo, R$ 5 mil reais. Em longo prazo espera-se atingir, dentro dos próximos quatro anos, 150 mil clientes cadastrados e mais 50 mil envolvidos cotidianamente com a bolsa. Segundo Fábio Peres Pardo, gerente de Clientes e Negócios da Caixa, o objetivo é chegar ao patamar dos outros bancos brasileiros. A Caixa Economia teve um investimento de R$ 5 milhões para a criação da plataforma tecnológica e mais R$ 10 milhões para a finalização do projeto.

Embora queira alcançar os demais bancos, a Caixa também quis apresentar alguns diferenciais. O principal deles está relacionado à estrutura da tarifação, pois ao invés de cobrar por quantidade de ordens emitidas, será por volume de ações compradas. E no lançamento todos terão 50% de desconto nas taxas, independente do volume adquirido. O site já está no ar desde o começo do mês e já possui 3,3 mil clientes cadastrados.