Publicado em: quinta-feira, 26/04/2012

Cachê de Gabriel, O Pensador faz escritor cancelar sua participação em feira gaúcha

A informação de que seria pago um cachê de R$ 170 mil ao rapper Gabriel O Pensador para que ele fosse patrono da Feira do Livro de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, fez com que o escritor gaúcho Fabrício Carpinejar cancelasse a sua participação no evento, marcado para os dias 5 e 6 de maio.

Em uma carta aberta, Carpinejar disse para a coordenação da feira que estava cancelando sua participação. Ele garantiu que não tem nada contra o cantor, mas sim contra o valor abusivo, descrito por ele como sobrenatural. “É o valor de um prêmio literário”, afirmou e completou dizendo que é quase o mesmo valor do Prêmio São Paulo de Literatura, que é de R$ 200 mil.

O poeta frisa ainda que ser patrono é visto como uma homenagem e por isso não deveria ser algo compensado com dinheiro. Já a assessoria de imprensa da Prefeitura de Bento Gonçalves, afirmou que esse valor não seria apenas devido ao músico ser patrono do evento, mas também porque inclui show, palestras e livros doados para escolas do município.

De acordo com a prefeitura, o convite faz parte da estratégia de promover a cidade, de apenas 107 mil habitantes, em todo o Brasil, visando que o município seja escolhido como uma das subsedes da Copa do Mundo de 2014.

Para a prefeitura, Gabriel possui forte ligação com o esporte, e ao contrário da verba para o evento, vinda da Secretaria de Cultura, esse dinheiro será repassado pela Secretaria de Educação.