Publicado em: sábado, 10/07/2010

Bruno e Macarrão são transferidos para BH

O goleiro Bruno, seu funcionário Luiz Henrique Romão, o ‘Macarrão’, e o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o ‘Bola’, todos acusados de estarem envolvidos com a morte da estudante Eliza Salmudio, foram transferidos para Belo Horizonte.

Os três foram levados do Rio de Janeiro, onde foram detidos, para uma penitenciária em Contagem, na região metropolitana da capital mineira. Os suspeitos devem ficar detidos na cidade de Minas já que o caso vem sendo investigado pela polícia mineira.

Os suspeitos fizeram exames no Instituto Médico Legal e em seguida foram encaminhados para o presídio, onde pernoitaram em celas separadas. Na sexta-feira (9) os três deverão prestar depoimentos.

Bruno, Macarrão e Bola são acusados de sequestrar e matar a estudante Eliza Salmudio, com quem o goleiro teria tido um caso e tido um filho. De acordo com um adolescente, que também teria participado do crime, a jovem teria sido morta no sítio do jogador.