Publicado em: terça-feira, 03/07/2012

Britânica, que teve leucemia na infância, consegue PhD com pesquisa sobre a doença

Quando tinha apenas sete anos, Vicky Foster foi diagnosticada com leucemia. Hoje, aos 25 anos, ela consegue mais uma vitória contra a doença. Em sua conta no microblog Twitter, a britânica publicou a seguinte mensagem: “Prezado câncer, derrotei você aos 8 anos, e hoje obtive meu PhD em pesquisa sobre o câncer. Toma essa”. A jovem não comemorou somente sua conquista após três anos de muitas pesquisas, mas também uma conquista que travou contra a leucemia por 18 anos.

Quando recebeu o diagnóstico que tinha câncer, Foster ficou durante dois anos e meio fazendo tratamento até ser curada. A britânica conta que possui boas lembranças naquele tempo devido às pessoas que estavam com ela, como as enfermeiras e os médicos. No entanto, Foster também se lembra dos momentos tristes, como uma vez que chegou ao hospital procurando por um amigo e descobrir que o menino tinha morrido em decorrência de um câncer de pulmão.

Pesquisas

Desde pequena, a britânica já se interessava por química e ciência, e sempre que podia, conversava com seus médicos a fim de conhecer mais sobre a doença que sofria. Foster se formou em ciências biomédicas e conseguiu seu PhD depois de muitos anos de estudo. A britânica pretende agora prosseguir com suas pesquisas no Instituto de Pesquisas de Câncer da Universidade de Newcastle.

As pesquisas de Foster são focadas na leucemia mieloide crônica. Com seus estudos, a britânica pretende abrir mais portas para novas pesquisas, que estejam focadas tanto em um melhor tratamento como também na prevenção das mutações da doença.