Publicado em: quinta-feira, 02/05/2013

Brasília consegue se impor em jogo casa e empata

Brasília consegue se impor em jogo casa e empata série contra São José nas quartas de final do NBBO Ginásio Nilson Nelson na capital Brasília não chegou a ficar lotado como ocorre normalmente em partida do time local nos playoffs do NBB. Mesmo assim, os atuais tricampeões da competição conseguiram fazer com que o mando de quadra valesse e ganharam do São José pelo placar de 100 a 79, durante a tarde do feriado desta quarta-feira (1º), e conseguiram empatar a série das quartas de final da competição em 1 a 1.

O armador Nezinho marcou 25 pontos e deu cinco assistências e o pivô Paulão Prestes fez 16 pontos e pegou 14 rebotes foram que comandaram os atual tricampeão nacional, que conseguiram alcançar a marca de 26 vitórias em 30 jogos dos playoffs que foram disputados no Distrito Federal pelo NBB, uma taxa que chega a 86% de aproveitamento. Já na equipe do São José, o destaque ficou pelas atuações do ala Dedé que marcou 18 pontos, e também do armador Fúlvio, que chegou a marcar 17 antes de ter que sair da partida após cometer cinco faltas.

O técnico José Carlos Vidal do Brasília afirmou que o time conseguiu jogar bem nesta quarta-feira e disse que a defesa do São José em zona não conseguiu funcionar e há a questão de jogar em Brasília, local onde estão acostumados a treinar e também jogar, Vida diz que isso pesou para que o jogo fosse bastante diferente da primeira partida. Ele afirma que o time agora deve pensar na terceira partida, que é algo fundamental para que possam voltar para São Paulo tendo a vantagem na série.

O pivô Murilo do São José chegou a reconhecer que a equipe teve uma atuação abaixo da média e pediu para que houvesse maior disposição defensiva para que tentassem surpreender a equipe do Brasília durante a próxima partida.

A terceira partida desta série vai ser outra vez no Ginásio Nilson Nelson durante a sexta-feira (3), a partir das 21h. E a quarta partida entre as duas equipes ocorrerá no dia 6 de maio, em São José. Caso seja necessário, a quinta e decisiva partida está marcada para o dia 9 de maio, em Brasília.