Publicado em: quarta-feira, 15/08/2012

Brasileiros são queimados vivos na Bolívia

Brasileiros são queimados vivos na BolíviaDois brasileiros acusados de terem assassinado três homens na cidade de San Matias, na Bolívia, foram queimados vivos por uma multidão enfurecida na tarde de ontem(14). Segundo a polícia, o caso aconteceu pelo envolvimento dos brasileiros no tráfico de drogas.

As vítimas chamam Rafael Max Dias e Jefferson Castro Lima, e foram retirados à força pela multidão de um posto policial. Mais de 300 moradores de San Matias (que fica a 1.300 km de La Paz) jogaram gasolina e atearam fogo para que os brasileiros fossem queimados vivos. Os dois pegaram fogo apenas a cinco metros da porta do posto policial.

Os brasileiros eram suspeitos de terem matado a tiros, na última segunda (13), os bolivianos Banderley Costas Parabá, de 27 anos, Paulino Parabá Ramos, de 33 anos e Edgar Suarez Rojas, de 26 anos. Os brasileiros foram detidos ontem (14)a tarde, na região de Fátima, mas quando a população ficou sabendo dos acontecimentos recentes, se uniram e foram até o posto policial, invadiram e arrancaram os homens de lá a força, não dando chance de reação ao pequeno número de policiais (sete) que estavam de guarda. Em toda a cidade, que faz fronteira com o Mato Grosso, apenas 10 policiais controlam a criminalidade.