Publicado em: domingo, 28/07/2013

Brasileiros produzem game RPG com ajuda do Kickstarter

Brasileiros produzem game RPG com ajuda do KickstarterO financiamento coletivo tem funcionado para diversas causas. Games são uma delas, com muito sucesso. A empresa nacional Behold Studios, de Saulo Camarotti e Pedro Guerra, espera arrecadar pelo menos US$ 55 mil para o desenvolvimento do “Chroma Squad”, jogo 2D em RPG inspirado nas antigas séries infantis Power Rangers.

Até agora, a arrecadação vai bem. Mais de dez mil pessoas ajudaram a financiar, arrecadando $ 22 mil. A expectativa é alcançar os $ 55 mil, de acordo com os produtores. Cada usuário pode doar $ 15, no mínimo, para receber uma cópia do jogo, antecipado exclusivamente, quando ele for finalizado. Doa quem quer. A proposta é levantada por meio da plataforma Kickstarter.

O jogo é um tanto curioso. Ao invés de salvar a Terra dos super-vilões como Rita e Zedd, a missão é administrar o estúdio da TV sentai e ajudar na gravação dos seriados dos incansáveis super-heróis nipônicos. O RPG funciona tanto na simulação de lutas, quanto na contratação de atores para gravar os episódios. O usuário pode comprar equipamentos para as gravações, investir em efeitos especiais, robôs gigantes (megazords), entre outras artimanhas legais.

Não é exatamente um game de combate. É uma simulador de manager de TV – se já jogou Footbal Manager, você irá entender, se não, Google. A jogabilidade lembra Final Fantasy Tatics, Chrono Trigger, entre tantos outros jogos onde os golpes são alternados. É genial! Como o episódio é construído pelo usuário, pode haver vários finais diferentes. Assim, o player poderá começar e terminar várias vezes, sem repetir.

Tem opções multiplayer colaborativo e competitivo. O lançamento é previsto para dezembro. As primeiras versões serão para smartphones e tablets (Android e iOS), Mac, desktop e Linux. O jogo poderá aparecer no Ouya, console também desenvolvido com financiamento Kickstarter.