Publicado em: sexta-feira, 08/07/2011

Brasileirão – Botafogo 1 x 1 Atlético-GO

O Botafogo entrou no gramado do Engenhão, onde ainda não conheceu a derrota neste Brasileirão, com boas chances de assumir a vice liderança da competição. Com o time embalado e a torcida mais confiante que em outros momentos da temporada, faltou algo para que os alvinegros saíssem do 1 x 1 diante dos goianos do Atlético. O resultado deixou os cariocas fora do sonhado G4, na sexta colocação, e os atleticanos fora da zona de rebaixamento, onde iniciaram a rodada.

O público mais uma vez foi decepcionante nas arquibancadas do Engenhão. Em luta pelo topo da tabela, o Botafogo reuniu pouco mais de 13 mil pessoas e as empolgou com o bom início de partida. O argentino Herrera dominou a bola na entrada da área, antes de girar e fuzilar com força o gol de Márcio, 1 a 0. O próprio Herrera quase ampliou poucos minutos mais tarde. Mas, aos 15, foram os visitantes que chegaram. Thiago Feltri cruzou e Anselmo empatou para o Atlético-GO.

O alvinegro Everton se machucou ainda no primeiro tempo e teve de ser sacado. Caio Junior chegou a instruir o atacante Caio para entrar em seu lugar. Caio se aqueceu, foi até a beira do gramado e viu até a placa subir com seu número antes de o treinador botafoguense mudar de ideia e colocar Lucas em campo. A nova alteração sanou os problemas defensivos do Botafogo, que anulou melhor as boas subidas do lateral Thiago Feltri.

Mesmo com a alteração, a melhor oportunidade da etapa final foi goiana. Juninho bateu e Márcio Azevedo salvou sobre a risca do gol com a cabeça. O resultado final frustrou a torcida carioca, que agora torce de longe no fim de semana, já que Botafogo e Bahia irão duelar em Pituaçu. Já o time de Paulo César Gusmão recebe o líder isolado Corinthians no domingo, no Serra Dourada.