Publicado em: quarta-feira, 25/07/2012

Brasileirão 2012 – Rafael Moura fica mais longe do Santos

A busca por um atacante segue sendo a principal preocupação da direção do Santos. O clube da Vila Belmiro tenta trazer o centroavante Rafael Moura, que atualmente defende o Fluminense, mas a negociação acabou ficando mais complicada nos últimos dias.

A direção santista encontra dificuldade em convencer o Fluminense a liberar o atacante por empréstimo, sem custo nenhum. Os dirigentes do Santos aceitaram pagar um salário de R$ 350 mil mensais a Rafael Moura, e desejam firmar um contrato de um ano de empréstimo do centroavante, porém, o clube carioca exige que o time paulista arque pelo menos 25% dos direitos do jogador, a partir do ano que vem.

Com a negativa dos dirigentes tricolores, o ‘He Man’ acabou ficando mais distante da Vila Belmiro. O clube paulista tem encontrado dificuldades em repor peças ofensivas para seu elenco. No meio do ano o Santos já perdeu Alan Kardec, Rentería e Borges, além de ter Neymar ausente por nove rodadas por conta das Olimpíadas. Como tentativa de cobrir as saídas, foram contratados Miralles e Bill.

No entanto, a falta de mais um atacante tem irritado o técnico Muricy Ramalho. No último fim de semana, o treinador cobrou publicamente a falta de reforços, e chegou a dizer que a campanha santista no Brasileirão deste ano fica comprometida por conta do elenco limitado. A declaração não teria agradado a parte da direção santista, que chegou a agendar uma reunião com o treinador, para ‘aparar as arestas’.

Além de Rafael Moura, o Santos ainda tentou trazer de volta André, revelado pelo próprio alvinegro e que atualmente está no Atlético-MG. O jogador estaria insatisfeito com a reserva de Jô, porém, o clube mineiro adquiriu parte dos direitos do atleta e se recusou a liberar o atacante ao Santos.