Publicado em: quinta-feira, 19/07/2012

Brasileirão 2012 – Jovens do São Paulo falham e Vasco segue perto de líder

No seu primeiro compromisso no Morumbi, o técnico Ney Franco teve de ouvir vaias, gritos de ‘time sem vergonha’, raça’, além de impropérios contra o presidente do clube onde recentemente chegou. A estreia do técnico à frente da torcida são-paulina foi coroada com uma derrota para o Vasco da Gama, por 1 a 0, na última quarta-feira (18), pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

Como era de se esperar, e justamente por isso foi escolhido pelos dirigentes são-paulinos, Ney Franco lançou mão de vários jogadores jovens no duelo contra os vascaínos. O primeiro deles foi o zagueiro João Schmidt, que formou o esquema com três zagueiros, ao lado de Rhodolfo e Rafael Tolói. Rodrigo Caio, além de Rafinha e Ademílson também foram lançados pelo técnico.

No entanto, a aposta sobre os jovens acabou não vingando, e o Vasco dominou a partida durante praticamente os 90 minutos. Com exceção de uma bola na trave no primeiro tempo, de Cícero, o São Paulo pouco ameaçou a meta de Fernando Prass. Os vascaínos anotaram o gol da vitória no início do segundo tempo, com Fagner, que contou com a ajuda de Dênis, que falhou.

Para piorar, Rodrigo aio foi expulso minutos após o gol sofrido, praticamente encerrando qualquer chance de reação do time tricolor. No final, sobraram protestos vindos das arquibancadas, onde eram ouvidas reclamações contra o time, mas também em direção ao presidente Juvenal Juvêncio, principal motivo das reclamações dos torcedores são-paulinos.

Alheio a isso, o Vasco segue na perseguição ao líder Atlético-MG. O time de São Januário tem 23 pontos, dois a menos que o primeiro colocado, e na próxima rodada enfrenta o Santos, em casa, no sábado (21). Já o São Paulo caiu para a sétima colocação, com 16 pontos, e no domingo vai até Florianópolis, onde enfrenta o Figueirense.