Publicado em: sexta-feira, 20/07/2012

Brasileirão 2012 – Falcão não é mais o técnico do Bahia

Paulo Roberto Falcão não resistiu no comando do Bahia. A direção do tricolor informou a demissão do técnico na madrugada de sexta-feira (20), através de um comunicado publicado no site oficial do clube. A saída foi decidida após mais um resultado do clube nordestino no Campeonato Brasileiro.

Horas antes, no Engenhão, o Bahia acabou sendo goleado por 4 a 0 pelo Fluminense. Com o resultado, o time de Salvador ocupa a vice-lanterna do Brasileirão, com sete pontos. Na entrevista coletiva após a derrota, Falcão afirmou que não temia uma demissão, afirmando que que seu objetivo era ajudar o Bahia e pediu tranquilidade ‘para entender o momento’.

Falcão foi contratado pelo Bahia no início do ano. No primeiro semestre, conseguiu levar o tricolor ao título Estadual, conquista que o clube não via há 11 anos. No entanto, no Brasileirão, foram dez partidas disputadas, com quatro empates, cinco derrotas e somente uma vitória. O temor de um rebaixamento para a Série B fez com que os dirigentes baianos decidissem pela demissão de Falcão.

De acordo com o comunicado emitido pela diretoria do Bahia, a equipe será treinada interinamente pelo auxiliar Eduardo Barroca, no compromisso de domingo (22), contra o Coritiba. No mesmo comunicado o presidente do clube, Marcelo Guimarães Filho agradeceu aos trabalhos de Falcão no clube e desejou boa sorte a ele em sua carreira, mas justificou a decisão por ‘se preocupar’ com a atual situação da equipe. Ainda segundo a nota emitida pelo Bahia, Paulo Roberto Falcão deverá convocar uma entrevista coletiva na sexta-feira.

O Campeonato Brasileiro deste ano já acumula quatro quedas de treinadores. Antes de Falcão, o Atlético-GO já havia dispensado Adílson Batista e Hélio dos Anjos, além do São Paulo, que demitiu Emerson Leão e contratou Ney Franco para seu lugar.