Publicado em: quinta-feira, 07/07/2011

Brasileirão 2011 – Botafogo e Atlético-GO

O Botafogo recebe os goianos do Atlético nesta quinta-feira, 7 de julho, no Engenhão para confirmar a boa fase. Em sexto lugar na tabela, um triunfo carioca hoje, às 19h30, coloca o clube dentro do G4, podendo terminar a rodada atrás apenas do líder Corinthians, a dois pontos de distância. Do outro lado, o Atlético-GO se mexe para livrar-se de um fantasma que o assombrou até a última rodada de 2010: o do rebaixamento.

Depois da saída em definitivo de Joel Santana, o Botafogo demonstrava sinais de demora em se reestabilizar. Caio Junior, novo comandante, demorou a engrossar o caldo dos alvinegros, que viram recentemente todos seus rivais alcançarem feitos significativos – a dupla Fla-Flu ganhou os últimos campeonatos e o Vasco a Copa do Brasil de 2011. No Campeonato Brasileiro, o Fogo mudou o panorama após a primeira rodada contra o Palmeiras, única derrota até aqui. De lá em diante, o Botafogo coleciona pontos em todas as rodadas, com destaque para os seis conquistados nas duas últimas partidas. Um triunfo hoje confirma a ascensão.

Para mudar de vida na competição e fugir das rotineiras derrotas, como as dos últimos dois jogos, o Atlético-GO vai a campo com uma equipe diferente. O técnico PC Gusmão trabalhou com as mudanças de Rafael Cruz na vaga de Adriano e Welthon no lugar do contundido Vitor Júnior. O maior desfaque do Botafogo é o goleiro Jeferson, que está com a seleção de Mano na Argentina.

O alvinegro começa com Renan; Alessandro, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Lucas Zen, Somália, Everton, Maicosuel e Elkeson; Herrera. Renato, ex-Sevilla, inicia no banco. O Atlético-GO joga com Márcio; Rafael Cruz, Gílson, Anderson e Thiago Feltri; Agenor, Pituca, Bida e Welthon; Marcão e Anselmo.