Publicado em: segunda-feira, 21/12/2009

Brasileira é presa por golpe em Portugal

Uma brasileira de 37 anos está presa preventivamente em Portugal. A paulista M.R.P. que está tendo seu nome protegido pela justiça, é acusada de montar um esquema de falsidade de garantias bancárias.

De acordo com as informações, o valor do golpe já ultrapassa os 60 bilhões de euros, que valem R$ 153 bilhões. A brasileira agia falsificando cartas de crédito da agência de Lisboa do Banco do Brasil e vendia os documentos para empresas de importação e exportação.

A denúncia do golpe, de acordo com a coordenadora da Unidade de Combate à Corrupção de Polícia Judiciária, Manuela Marta, partiu de uma denúncia do Banco do Brasil.

Os falsificadores receberiam um valor entre 25 mil e 60 mil euros a cada garantia bancária falsa. As empresas que compravam os documentos também estão sendo investigadas.