Publicado em: quinta-feira, 22/05/2014

Brasil tem o pior resultado em abertura de vagas de emprego em 15 anos

Brasil tem o pior resultado em abertura de vagas de emprego em 15 anosDesde o ano de 1999 o Brasil não apresenta queda nos números de contratações de trabalhos com carteira assinada, os resultados para o mês de abril deste ano são quase tão ruins quanto aos números de contratados no mesmo período do ano de 1999.

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados e que teve sua divulgação pelo Ministério do trabalho no mês de abril foram abertas ao todo 105.384 vagas para trabalhadores com carteira assinada.

Os dados são referentes aos cálculos realizados com base no número de admissões e demissões realizadas ao longo do período, através desses dados é realizada uma subtração e é obtido o resultado dos empregos que foram criados.

Essa queda no número de empregos criados se deve segundo o ministro Manoel Dias é causada o aumento dos salários que registra 70% de aumento real desde o ano de 2003 até os dias atuais o aumento foi de 45.99% para salários no momento em que novos empregados são admitidos.

Esse total de vagas criados no mês de abril de 2014 foi muito parecido com os resultados do ano de 2009, quando houveram reflexos em todas as áreas por conta da crise internacional financeira que atingiu a todos os setores.

Esses número foram colhidos por meio de análises realizadas em oito setores e dentre esses oito analisados, sete aumentaram o número de contratações de trabalhadores com carteira assinada.

O setor que foi líder de contratações foi o setor de serviços em seguida ficou o setor do comércio, logo após o comércio veio também o setor da agricultura, o último setor que contratou trabalhadores foi o de indústria extrativista mineral que contratou apenas 470 trabalhadores com carteira assinada no mês de abril.