Publicado em: segunda-feira, 10/10/2011

Brasil segue no topo de ranking que lista países que mais combatem a fome

O levantamento realizado pela ONG ActionAid divulgado nesta segunda-feira, dia 10 de outubro, mostra que o Brasil é o primeiro colocado, pela terceira vez, no ranking de países que mais lutam para acabar com a fome. Essa colocação foi graças aos investimentos feitos para a agricultura familiar. A lista dos cinco primeiros lugares se completa com Malauí, Ruanda, Etiópia e Tanzânia.

A pesquisa levou em conta informações do Programa Fome Zero, que mostram uma diminuição da desnutrição infantil de 73% nos anos de 2002 a 2008. De acordo com a ONG, a mais recente iniciativa no combate a fome feita no Brasil foi a divulgação de R$ 16 milhões para o Plano Safra da Agricultura Familiar 2011/1012. Esse dinheiro será utilizado na geração de renda no campo, produção de alimentos e organização financeira dos agricultores assentados, familiares e comunidades mais tradicionais.

Porém, segundo a ONG, o país ainda precisa aumentar a distribuição de terras. De acordo com os dados levantados, 55% das terras possíveis de serem utilizadas 3,5% estão com proprietários rurais. Aqueles mais pobres, possuem apenas 1%. Segundo Adriano Campolina, coordenador executivo da ActionAid Brasil, ainda existem 16 milhões de pessoas que vivem em extrema pobreza no Brasil.

A pesquisa aponta que haverá no mundo uma grave crise na oferta de alimentos. Dentre os motivos desse fenômeno estão as mudanças climáticas e uma expectativa de acréscimo nos preços dos produtos. Isso poderá fazer com que mais de 44 milhões de pessoas entrem na linha de pobreza.