Publicado em: quarta-feira, 28/03/2012

Brasil reduz em 3,54% o número de casos de tuberculose em 2011

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde mostram que o número de casos de tuberculose no país foi menor que 70 mil pela primeira vez. Em 2011, o número de registros caiu 3,54%. Isso equivale a 69.245 contra 71.790 de 2010. Nos últimos 10 anos a diminuição somada foi de 15,9% na quantidade de doentes detectados. Fazendo uma média, em 2011 foram 36 casos para 100 mil habitantes contra 42,8 em 2001. Sobre a mortalidade, essa taxa foi ainda mais significativa, pois caiu 23,4% em 10 anos. Foram 3,1 óbitos para cada 100 mil habitantes em 2001, sendo que em 2010 esse número foi de 2,4.

Mesmo com as políticas de saúde, a doença ainda preocupa as autoridades, pois representa a quarta causa de mortes por doenças infecciosas. Entre portadores de HIV é a principal delas. De acordo com o Ministério da Saúde esse número é bastante representativo, pois aponta uma redução grande da evolução da doença no país. Alexandre Padilha, Ministro da Saúde, falou sobre os dados em Brasília, no dia de Luta contra a Tuberculose. Segundo é necessário diagnosticar a doença e, ao mesmo tempo, dar atenção para o tratamento.

Nos últimos nove anos o valor gasto em campanhas e investimentos contra a doença aumentou 14 vezes. Em 2002 foram gastos US$ 5,2 milhões sendo que em 2011 esse valor chegou a US$ 74 milhões. A maior redução foi na região Sudeste com diminuição de 40,6 para 37,6 casos em cada 100 mil pessoas. Segundo o Ministro da Saúde o segredo para combater o problema é manter o tratamento para reduzir a mortalidade. Além disso, é preciso ação voltada para a população mais vulnerável que vive em condições ruins de moradia e alimentação. Entre o público alvo está a população de rua, carcerária, indígena e portadores do HIV.