Publicado em: sexta-feira, 15/04/2011

Brasil impõe sanções à Líbia

O presidente em exercício Michel Temer assinou na última sexta-feira (15) um documento que impõe uma série de sanções à Líbia.

Entre as medidas aprovadas pelo governo brasileiro está a proibição do comércio de armamentos com o país africano. A medida obedece à uma resolução do Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas).

O documento assinado por Temer e publicado em Diário Oficial da União ainda faz menções ao ditador Muammar Kadafi, e seus familiares, que também foram incluídos nas sanções econômicas impostas pela ONU e aceitas pelo governo brasileiro.

A Líbia enfrenta uma ditadura imposta por Kadafi há mais de 40 anos, e a ONU se posicionou contra o governo líbio. Países como Estados Unidos, Inglaterra e França se posicionaram contra o governo de Kadafi e entendem que não haverá paz enquanto o ditador estiver no poder.