Publicado em: terça-feira, 20/11/2012

Brasil ganha dois prêmios no Emmy

Brasil ganha dois prêmios no EmmyO prêmio Emmy Internacional é uma das mais famosas condecorações para a televisão. O prêmio, que ocorreu hoje (20) em Nova York e que deu grande destaque á América Latina, premiou a lenda Norman Lear e também o ator veterano Alan Alda. Já a programação da América do Sul dominou e venceu a maioria dos prêmios. Brasil empatou com a Argentina, ambos com dois prêmios. Aqui os prêmios foram para o remake de “O Astro” e para a série “A mulher invisível”, que são da Rede Globo. O grande criador da comédia “Tudo em Família”, Lear, que teve sua grande estreia na década de 70, onde ocorriam diversas revoluções sociais, teria abordado questões raciais e também o direito da mulher na sociedade moderna, afirmou que “o mundo vai se juntar através das artes”, e aceitou muito contente a homenagem. Já Alda decidiu prestar uma homenagem para todas as mulheres, bem como todos os homens que estão nas tendas do hospital. Ele fez uma referência á todos os médicos da vida real que estão se esforçando, e muito, para que consigam amenizar todos os tipos de feridas que são decorrentes de guerras. Alda ainda declarou que houve um tempo em que as portas apenas se abriram graças ao brilhantismo de Lear, e que ele sim é uma pessoa merecedora da honra e que graças a ele hoje em dia é possível fazer piada sobre temas que são considerados sérios problemas sociais. Alda estará sempre associado á série MASH, que foi uma aclamada comédia sobre a guerra na Coréia.

Na Argentina os prêmios ficaram para melhor ator, com Dario Grandinetti e de melhor atriz, como Cristina Banegas, ambos na série “Televisão pela Inclusão”. Na Europa a França e a Alemanha ganharam um prêmio cada, bem como a Austrália, que também fechou com uma honra.