Publicado em: quarta-feira, 26/03/2014

Brasil fica de fora do “Oscar do Esporte”

Brasil fica de fora do Oscar do EsporteNesta quarta-feira, 26 de março, foi entregue o Prêmio Laureus, também conhecido como Oscar do Esporte. A cerimônia foi realizada em Kuala Lumpur, na Malásia, e teve como grandes vencedores o piloto da Formula 1 Sebastian Vettel e a nadadora norte-americana Missy Franklin.

Prodígios

Os dois grandes premiados da noite têm como grande característica a pouca idade. Sebastian Vettel, com apenas 26 anos, é tetracampeão da Formula 1, tendo batido todos os recordes etários da competição. Missy, com seus 18 anos, foi o grande destaque do Mundial de Barcelona, recebendo seis medalhas de ouro. Em 2012, com apenas 16 anos de idade, a norte-americana conquistou quatro medalhas de ouro nas Olimpíadas de Londres.

Ambos os premiados estiveram presentes na entrega do prêmio. Missy pôde ir à Malásia devido a uma folga na Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos. Acompanhada dos pais na premiação, a jovem estava visivelmente emocionada.

Primeira vez

Esta foi a primeira vez na história do Laureus que o prêmio foi concedido a um atleta da natação. No caso da Formula 1, entretanto, Michael Schumacher já havia recebido o prêmio nos anos de 2002 e 2004. Contudo, Vettel quebrou mais um recorde, sendo o piloto mais jovem a conquistar o troféu.

Após receber o prêmio, entregue pelo ex-piloto brasileiro Emerson Fittipaldi, Vettel afirmou que esta era uma das conquistas mais especiais de sua carreira. Em 2013, o jovem austríaco conquistou o tetracampeonato da Formula 1 com 13vitórias. Esta foi a quinta vez que Vettel recebeu uma indicação ao prêmio.

Brasileiros

O Brasil foi à Malásia com quatro indicados nesta edição do Laureus: na categoria Atletas de Ação, Maya Gabeira (surf) e Bob Burnquist (skate) concorriam ao prêmio. A Seleção Brasileira de futebol concorreu na categoria de Melhor Equipe, enquanto Ronaldinho Gaúcho estava indicado como Retorno do Ano.

A votação do Prêmio Laureus passa, inicialmente, por dois mil jornalistas, que escolhem previamente os indicados ao prêmio em todas as sete categorias possíveis. Em seguida, a Academia Laureus, composta por 46 pessoas, escolhe o vencedor a partir da lista de seis mais votados entre os jornalistas.

A Academia Laureus é composta por grandes nomes do esporte. Juntos, eles somam 54 medalhas de ouro em Olimpíadas, 36 Grand Slams de tênis e 11 ouros nas Paraolimpíadas.

Alfinetada

A cerimônia de premiação deste ano também teve como destaque uma alfinetada de Johann Cruyff no Barcelona. O ídolo holandês, nesta semana, criticou a equipe espanhola pelos altos salários pagos a Neymar. Durante a cerimônia, que teve o Bayern de Munique como Equipe do Ano, Cruyff afirmou que o diferencial da equipe alemã é a organização – um recado claro ao Barcelona.

Outros vencedores

Além de Vettel e Missy como atletas do ano, e do Bayern de Munique como equipe, o Laureus também premiou o motociclista Marc Márquez (Revelação do Ano), a esquiadora Marie Bochet (Paratleta do Ano), o tenista Rafael Nadal (Retorno do Ano), o ciclista Jamie Bestwick (Atleta de Ação) e a Seleção Afegã de Críquete (Espírito do Esporte).