Publicado em: sábado, 12/11/2011

Brasil está alerta contra a dengue

O Brasil está novamente em alerta contra a dengue e procura evitar uma 7ª epidemia da doença. O primeiro caso foi registrado em 1895 e suas grandes epidemias ocorreram até então em 1982, 1986, 1998, 2002, 2008 e 2010. A melhor forma de combate a doença é acabar com o mosquito que a transmite, o Aedes aegypti. Porém, com a falta de saneamento básico este combate é dificultado.

Além deste problema, a falta de uma eficiente coleta de lixo apresenta ótimas condições para que o mosquito se prolifere. O Ministério da Saúde calculou, apenas no ano de 2010, um milhão de casos de dengue. Nos nove primeiros meses de 2011, mais de 700 mil casos foram registrados, ocorrendo uma diminuição entre janeiro e fevereiro de 24% comparado com o ano anterior.

As mortes também reduziram em 25% e os casos considerados mais graves diminuíram 40%. Mesmo com essas reduções, os números causam espanto. Segundo o Ministério da Saúde, o maior número de casos de dengue é na região Sudeste, com 47,6%. Logo em seguida, vem a região Nordeste com 25,6% e a região Norte com 15,7%. A região Centro-Oeste aparece depois com 6,2% e em último lugar está a região Sul com 4,8%.

Para se prevenir contra a dengue, é preciso tomar algumas precauções, como deixar as caixas d’água cobertas e qualquer outro recipiente que tenha água; deixar sempre limpas as piscinas, bebedouros de animais, calhas e lajes, sem deixar água parada, colocar areia nos vasos de plantas e colocar as garrafas de cabeça para baixo, inserir o lixo em sacos plásticos e deixá-lo bem fechado.