Publicado em: quarta-feira, 18/04/2012

Brasil deve expandir 3% em 2012, diz FMI

De acordo com um relatório divulgado ontem, terça-feira, dia 17, o Fundo Monetário Internacional (FMI) estima uma recuperação econômica dos Estados Unidos e também aumentou a previsão de crescimento para países da América Latina. O documento lançado chama-se “World Economic Outlook” e prevê que o mundo deve crescer 3,5% em 2012. Para as nações emergentes, o desempenho registrado pela instituição ficou abaixo do esperado, mas as previsões de 2012 são de crescimento de, pelo menos, 3,7%. Segundo o relatório, o PIB de muitos países emergentes foi menor que aquele que estava sendo esperado.

Além disso, o FMI ficou surpreso ao perceber a recuperação econômica de países desenvolvidos, mas que estavam em crise. Segundo o documento, esse crescimento foi positivo nessas economias elevadas. O exemplo usado no documento é sobre o PIB dos Estados Unidos que aumentou a previsão em 0,3% podendo chegar a pelo menos 2,1% em 2012. Embora o FMI esteja satisfeito com os resultados positivos dos EUA a maior preocupação é com o futuro da União Européia e de algumas economias em desenvolvimento. O problema de algumas nações em desenvolvimento, segundo o relatório são as rígidas políticas implantadas pelos países. O relatório, no entanto, indica que diminuiu o medo da crise bancária e do aumento da dívida soberana na Europa.

Estimativa brasileira cresce 0,1% para 2012 e 2013

O relatório mostrou que o FMI tem uma maior expectativa para o crescimento do Brasil. A estimativa é de um aumento de 0,1% tanto em 2012 quanto em 2013 para o país. De acordo com o FMI, a sua projeção para o país é que ele crescerá 3% neste ano e mais 4,1% em 2013. Outros países também apresentaram melhores estimativas, como ocorreu com o Brasil. É o caso de países na Europa Central e do Leste. A projeção do FMI para estes países subiu 0,8% em 2012 e 0,5% em 2013.