Publicado em: quinta-feira, 10/11/2011

Bolsa encerra com queda de 2,50%

A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) seguiu o mercado internacional e encerrou com forte desvalorização nesta quarta-feira (9). O Ibovespa (principal índice da Bolsa paulista) perdeu 2,50% aos 57.549,74 pontos. Esta é a maior queda acumulada diários desde o dia 3 de outubro.

O giro financeiro do pregão foi de R$ 6,09 bilhões. Já o dólar comercial conseguiu virar e encerrou com alta valorização no dia. A moeda norte americana ganhou 20,8% e ficou cotada a R$ 1,776 na venda.

Os destaques da sessão ficaram por conta das quedas das ações do setor petrolífero. As preferenciais da Petrobras (PETR4) perderam 4,24%, a R$ 21,46. Já a OGX (OGXP3) caiu 3,26%, a R$ 13,95. Outro setor que encerrou no vermelho foi o de metais. As ações preferencias da (VALE5) recuaram 1,58%, a R$ 41,78. Na sequencia ficaram as da Gerdau (GGBR4) com queda 2,56%, a R$ 15,20 e da CSN (CSNA3) que despencou 4,06%, a R$ 15,85.

As quedas também foram sentidas nas bolsas da Europa. A Bolsa de Milão recuou 3,78%, enquanto a de Frankfurt apresentou perdas de 2,21%, de Pariu caiu 2,17% e a de Londres encerrou com menos 1,92%.