Publicado em: terça-feira, 03/07/2012

Boca Juniors 2012 – Boca enfrenta o Corinthians nesta quarta-feira

Na próxima quarta-feira (04), às 21h50, pela Copa Santander Libertadores, o Boca enfrenta o Corinthians em solo brasileiro. Confiantes, desde o empate no Estádio argentino La Bombonera, os jogadores do Corinthians preparam-se para a partida que já é histórica, pois o time brasileiro nunca havia chegado a uma final desse campeonato, e que pode dar o único título que o Corinthians não tem. Seis setores do Estádio do Pacaembu já estão esgotados, sobrando apenas os ingressos da Arquibancada Amarela, que é exclusiva para os torcedores que tem o plano ‘Minha Torcida’, do programa ‘Fiel Torcedor’. A torcida do Boca tem 2.450 ingressos destinados.

Além da já conhecida rivalidade entre brasileiros e argentinos, o Corinthians procura vencer em casa para ter o título inédito da Libertadores, sendo que o Boca Juniors foi seis vezes vencedor desse campeonato. Enquanto o time argentino tenta manter o histórico de vitórias na Libertadores, o Corinthians tenta calar os rivais que sempre utilizam do argumento que o time não tem uma taça de campeão no principal campeonato da América Latina.

O Corinthians, independente do edema na coxa direita do atacante Jorge Henrique, está com o time completo para a final. Mesmo com a escolha de Tite ao colocar Jorge Henrique como titular, o jogador reserva do atacante é Romarinho, a surpresa nos últimos jogos que o time disputou. Romarinho jogou pela primeira vez pelo Corinthians em um clássico com o rival Palmeiras e chamou a atenção pelos dois gols marcados. Porém foi após o empate com o Boca na primeira partida da final da Libertadores que Romarinho passou a ser o talismã do time brasileiro. No seu primeiro toque na bola, aos 36 minutos do segundo tempo, o jogador marcou o gol de empate e fez a torcida corintiana agitar a La Bombonera.

A formação principal do Corinthians que irá disputar contra o Boca Juniors, nesta quarta-feira no Pacaembu, a taça da Copa Santander Libertadores é a mesma do primeiro jogo da final, na Argentina. Os jogadores titulares são: Cássio, Chicão, Alessandro, Fábio Santos, Ralf, Alex, Paulinho, Leandro Castán, Danilo, Emerson e Jorge Henrique. A escalação do Boca também deve ser a mesma da primeira partida. O técnico Júlio César Falcioni, durante atividades nessa manhã, chamou para jogar: Orion, Roncaglia, Caruzzo, Schiavi, Riquelme, Pablo Mouche, Clemente Rodríguez, Somoza, Erviti, Santiago Silva e Ledesma.