Publicado em: sábado, 03/03/2012

Blatter defende uso da tecnologia no futebol

O presidente da Fifa, Joseph Blatter voltou a defender o uso de dispositivos tecnológicos para auxiliar os árbitros de futebol em lances duvidosos. O mandatário do futebol internacional deu a declaração um dia antes de uma reunião que irá discutir o tema.

A International Board, órgão que define as regras do futebol, irá se encontrar no sábado (03), onde irá debater o uso de dispositivos nas partidas. Blatter quer evitar que ocorram os chamados ‘gols fantasmas’, onde fica a dúvida de se a bola entrou totalmente.

O principal argumento de Blatter é evitar que polêmicas como a que ocorreu na última Copa do Mundo, em 2010, na partida entre Alemanha e Inglaterra. Na ocasião, o time inglês fez um gol legítimo, mas árbitro e auxiliar não validaram o gol e a Alemanha acabou vencendo por 4 a 1.

Blatter afirma que não quer este tipo de problema se repetindo em Mundial, porém, o presidente da Uefa (e ex-jogador da França) Michel Platini é contrário ao uso da tecnologia no futebol. Em outros esportes, como tênis e basquete, por exemplo, contam com recursos para esclarecer lances polêmicos.