Publicado em: terça-feira, 05/11/2013

BlackBerry não mais será vendida

BlackBerry não mais será vendidaA produtora de smartphones BlackBerry divulgou ontem dia 4 que desistiu da intenção de comercializar a companhia. A empresa noticiou que substituirá seu chief executive officer (CEO), Thorsten Heins, e que almeja elevar cerca de US$ 1 bilhão de captadores de recursos institucionais, contendo seu grande acionista, a Fairfax Financial Holdings.

As atuações da agência do Canadá apresentaram declínio de 19% e era prestigiada a US$ 6,33 anterior a abertura do mercado. Às 12h15, as ações da empresa estavam em baixa de 16,35%.

A sociedade elevará a quantia com uma proposta reservada de debêntures alienados em atuações do mercado financeiro. A principal acionista da BlackBerry, a Fairfax Financial Holdings Ltd., permanecerá com mais de US$ 250 milhões das debêntures.

Há dois meses, a Fairfax comunicou sobre uma experiência de oferta de US$ 9 por ação da produtora de smartphones fixada sede em Ontario, no Canadá. Contudo, de acordo com nota da agência Reuters na última sexta-feira, a Fairfax encarava problemas para custear a proposta de US$ 4,7 bilhões.