Publicado em: terça-feira, 03/04/2012

Bióloga morre enquanto faz curso de mergulho

No último sábado (31), uma bióloga acabou morrendo afogada em Arraial do Cabo, que fica na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro. A mulher de 47 anos, Célia Regina Gonçalves Peralta, estava participando de um curso de mergulho juntamente com um grupo de dez pessoas.

Eles estavam realizando mergulhos na ilha dos Porcos, lugar que está a menos de dois quilômetros de distância da costa de Arraial do Cabo. Depois de ocorrido o acidente, os bombeiros ainda chegaram a ser chamados, porém, segundo as testemunhas, a bióloga teria sido tirada para fora da água já sem sinais de vida.

De acordo com Sanderson Barros, presidente da Associação de Mergulho de Arraial do Cabo, o grupo de pessoas teria saído do Rio de Janeiro com a companhia de um instrutor, entretanto um segundo instrutor que foi contratado e também os equipamentos que foram alugados pertencem a uma escola que fica na cidade. Já o responsável por esta escola foi procurado, contudo não quis conversar a respeito. O barco que foi contratado pela empresa estava parado na Praia dos Anjos.

Em nota, a Capitania dos Portos declarou que todos os equipamentos que estavam sendo usados foram vistoriados e nenhum deles apresentou qualquer problema ou irregularidade. O laudo realizado pela perícia indica a causa da morte como sendo por asfixia por afogamento.

Este caso teve seu registro na 132ª DP (Arraial do Cabo). Já o corpo da bióloga foi enterrado na segunda-feira (2), no Cemitério de Inhaúma, localizado no subúrbio do Rio.