Publicado em: terça-feira, 01/11/2011

Bill Gates garante que não se incomoda com críticas feitas por Steve Jobs

O empresário norte-americano Bill Gates, fundador da Microsoft, afirmou que as críticas feitas por Steve Jobs, cofundador da Apple, não o incomodam. Por serem de empresas diferentes, mas do mesmo segmento, Jobs e Gates foram rivais por todo o tempo em que as duas companhias coexistiram. Ainda assim, os dois empresários tiveram a oportunidade de trabalharem em conjunto e tiveram uma relação próxima a uma amizade. Jobs faleceu em 5 de outubro e as críticas feitas a Gates estão principalmente na biografia sobre sua vida lançada em 24 de outubro.

Em entrevista ao programa “This Week”, da rede ABC, Gates afirmou “eu respeito Steve, nós pudemos trabalhar juntos e nada disso me incomoda. Quando você pensa sobre porque o mundo está melhor, com a internet, o computador pessoal, os meios com que você consegue lidar com as informações é fenomenal”.

Tais críticas feitas a Gates podem ser lidas no livro escrito por Walter Isaacson, que construiu a obra com base em uma série de entrevistas feitas com Jobs. No que diz respeito a Gates, o cofundador da Apple defendia que “Bill [Gates] basicamente não tem imaginação e nunca inventou nada, e acho que é por isso que ele se sente mais confortável fazendo filantropia do que no mercado de tecnologia. Ele apenas roubava as ideias dos outros, sem vergonha alguma”.

Ao ser questionado sobre tais afirmações, Gates respondeu que enquanto trabalhavam juntos Jobs chegou a fazer comentários positivos e negativos sobre ele. Com o sucesso da Microsoft, Jobs sentiu que a Apple era o ‘mocinho’ da história, enquanto a Microsoft representava os ‘vilões’.