Publicado em: quinta-feira, 20/03/2014

Bilheterias apontam para decadência de filmes de amor

Bilheterias apontam para decadência de filmes de amorEmbora possa ser uma tendência passageira (o cinema, assim como outras áreas, é cíclico), os filmes que têm romances em primeiro plano têm perdido cada vez mais fôlego na indústria de Hollywood. Curiosamente este gênero foi, há não muito tempo, um dos pilares da indústria cinematográfica (basta nos lembrarmos de Titanic e seus onze Oscars).

Hoje, entretanto, os filmes românticos estão em constante baixa. Por isso, a tendência é de que, em breve, este tipo de produção acabe desaparecendo das salas de cinema, pelo menos durante algum tempo.

Comédias românticas

E não são apenas os romances “dramáticos” que estão perdendo espaço. Até mesmo as comédias românticas, gênero considerado mais acessível – e uma fórmula quase automática de sucesso até poucos anos atrás -, têm perdido terreno em Hollywood. Em 2005, a comédia romântica “Hitch: Conselheiro Amoroso” arrecadou U$100 milhões em bilheteria. Hoje, este é um montante praticamente impensável para o gênero.

Em 2013, o filme romântico de maior sucesso comercial foi “Um Porto Seguro”, baseado na obra de sucesso de Nicholas Sparks. Contudo, nem mesmo a arrecadação de U$71 milhões foi suficiente para que possamos considerar “Um Porto Seguro” um filme lucrativo. O longa custou U$30 milhões para ser feito e, de acordo com a contabilidade feita em Hollywood, um filme só pode ser considerado de fato lucrativo quando arrecada três vezes mais do que custou.

Tendência

Em 2014, a situação não deve melhorar para o gênero. Por enquanto, o único filme romântico a lucrar nos cinemas norte-americanos foi “About Last Night”, que conta com o comediante Kevin Hart no elenco. Ainda assim, o filme teve uma receita baixa, de U$47 milhões, e dificilmente crescerá muito mais, devido à falta de apelo internacional de Kevin. No Brasil, por exemplo, o filme sequer chegará aos cinemas, sendo lançado diretamente em DVD.

Migração

Com a decadência do gênero, Hollywood também está presenciando uma “migração” de atores para outros tipos de produção. O caso mais ilustre é de Matthew McConaughey, que atuou em filmes como Armações do Amor (2006) e Como Perder um Homem em 10 Dias (2003). Recentemente, McConaughey ganhou o Oscar de melhor ator pelo dramático Clube de Compras Dallas, além de ter se destacado mundialmente pela atuação na série policial True Detective.

Outro ator que se tornou conhecido por comédias românticas é Gerard Butler, que se diz um grande fã do gênero. Contudo, para Butler – que participou de Um Bom Partido em 2012 -, o público atual não está muito receptivo a histórias melosas. Por isso, o ator anunciou recentemente que está se afastando do gênero. Graças à sua versatilidade, Butler também ficou conhecido por papéis como o Rei Leônidas de 300.

Maiores bilheterias

Em 2013, a maior bilheteria mundial foi Homem de Ferro 3, seguido por Meu Malvado Favorito 2, Velozes & Furiosos 6 e Jogos Vorazes: Em Chamas. Estas produções confirmam uma das tendências atuais de Hollywood: a aposta em franquias, com histórias mais elaboradas e duradouras, algo que vai na contramão dos romances simples e bem-humorados.