Publicado em: terça-feira, 03/09/2013

Bienal do Livro completa 30 anos com homenagem a Alemanha

Bienal do Livro 2013Na semana passada, dia 29 de agosto, começou a 16ª sexta Bienal do Livro do Rio de Janeiro. O evento, que está completando 30 anos, faz uma homenagem a Alemanha e tem a previsão de receber em toda a sua programação 27 atraões internacionais. A programação ainda conta com inúmeros debates e bate-papos até o próximo domingo, dia 8 de setembro, quando a feira será encerrada com uma festa típica da noite de Berlim, capital da Alemanha.

A Bienal ainda conta com um espaço exclusivo voltado para os jovens. A iniciativa com parceria da Alemanha ainda trouxe para o Brasil diversas editoras do país, além de autores e ilustradores. Assim como a Alemanha está sendo o tema da Bienal do Livro do Rio de Janeiro, o Brasil também será um dos principais temas da feira de livros de Frankfurt, um dos maiores eventos literários do mundo todo. A feira na Alemanha está marcada para acontecer entre os dias 9 e 13 do mês que vem.

Além da Alemanha, a Bienal do Rio conta ainda com outros autores internacionais.

Programação Bienal 2013

Os destaques da Feira para os próximos dias são:

Terça-feira, 3 de setembro – mesa “Guarani, Kaiová e muitas mais – Literatura de índio”, às 19 horas com a participação dos escritores indígenas Graça Graúna e Daniel Munduruku. O autor José Bessa será o mediador do bate papo, que abordará o fortalecimento das culturas dos índios depois de anos de destruição.

Às 20 horas, acontecerá o debate “Pensando Futebol”, que será mediado Por Vitor Iório e contará com os estudiosos Muniz Sodré e Ronaldo Helal.

Amanhã, quarta-feira, 4 de setembro, Tony Bellotto, músico e escritor, falará sobre seu livro “Machu Picchu: na trilha das famílias” às 17 horas. Já às 19h, o artista participará da mesa “Por que, por quem, para quem escrevo?”, junto com Antônio Torres e João Paulo Cuenca, que também são escritores.