Publicado em: quarta-feira, 06/07/2011

Bicentenário da Venezuela: Chávez faz discurso de abertura diretamente do Palácio

Mesmo em meio a uma recuperação do procedimento cirúrgico para retirar um abcesso cancerígeno, o presidente venezuelano Hugo Chávez participou da abertura das comemoração pelo bicentenário da independência do país. Antes de começar o desfile militar, que aconteceu na terça-feira (05), o presidente fez um discurso na sede da presidência, no Palácio Miraflores, que foi transmitido por telões para o povo que assistia das ruas.

Durante seu discurso, Chávez disse: “devemos vencer as divisões e conspirações, derrotando em mil batalhas aqueles que pretendem, de dentro e de fora, debilitar e trazer abaixo a pátria e sua independência. Devemos derrotá-los e derrotá-los em paz.” Ao todo, a fala do presidente teve duração de 16 minutos. A característica de fazer pronunciamentos longos é algo que se percebe desde antes do diagnóstico de Chávez.

Como Chávez esteve um mês fora do seu país para fazer o tratamento médico em Cuba, o povo venezuelano aguardava ansiosamente pela volta do líder do Governo. Participantes do desfile militar afirmaram que a comemoração foi além da independência do país, mas também pelo retorno de Chávez ao seu lar. Comerciante, Saralys Perez atribui ao presidente o nacionalismo presente hoje nos venezuelanos. De acordo com Perez, antes de Chávez, o povo mal dava importância à independência, enquanto agora lutam pela revolução.

O presidente marcou sua volta ao país cubano para dar continuidade ao tratamento médico. Antes de partir, Chávez pretende reformar seu governo, dando início ao combate às divisões internas as quais ele se refere no seu discurso. O presidente percebeu a necessidade da nova equipe para liderar o país enquanto ele estiver ausente para o tratamento.