Publicado em: sexta-feira, 24/01/2014

Belfort pedirá autorização para usar testosterona no UFC

Vitor Belfort pedirá autorização para usar testosteronaJá está dada como vencida a possibilidade do lutador Vitor Belfort não solicitar autorização para usar o polêmico TRT, a terapia de reposição de testosterona para enfrentar o americano Chris Weidman, em uma luta agendada para a disputa do cinturão. O brasileiro já informou que vai entrar com um processo para conseguir a liberação para uso do hormônio, que alega ser por motivos de saúde. Foi o programa oficial do UFC na televisão americana que informou o fato. O lutador alega que o TRT é uma medicação que ele tem necessidade por questões de saúde e por isso deve entrar com o pedido.

A disputa pelo cinturão entre Belfort e Weidman está prevista para acontecer em Las Vegas. A liberação do tratamento no estado de Nevada só acontece quando o lutador comprova que seus níveis naturais do hormônio estão muito baixos. O problema atual é que Belfort pode não conseguir a liberação pelo fato de já ter sido flagrado em um antidoping. Essa informação agora contradiz o que seu próprio representando havia afirmado há algumas semanas. Glenn Robinson, que comanda o time de Belfort, declarou a um programa do gênero que Belfort provavelmente não iria pedir que fosse aberta uma exceção para o uso do hormônio, mas que o tema não era algo que eles vinham discutindo com frequência.

O lutador brasileiro sempre esteve no fogo da polêmica que trata do uso do TRT, por viver uma grande fase no UFC, situação bastante diferente de outros lutadores que usam a testosterona. No ano passado, nas três lutas que realizou no Brasil, ele saiu vitorioso usando a medicação, nocauteando os adversários Michael Bisping, Luke Rockhold e Dan Henderson. Agora a afirmação sobre o pedido de autorização parece ter preocupado Comissão Atlética de Nevada. Um dos membros da entidade, Francisco Aguilar, afirmou que a permissão para o uso de reposição hormonal pode ser problemática.