Publicado em: terça-feira, 06/12/2011

Beira-Rio preocupa o Governo Federal

A situação das obras de reforma do estádio do Beira-Rio já começa a preocupar o Governo Federal, que já tem dúvidas se a praça esportiva estará pronta a tempo para a Copa do Mundo de 2014. A ampliação do estádio do Internacional está paralisada por conta de um imbróglio com a construtora Andrade Gutierrez.

O Ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, informou nesta terça-feira (06), que está ‘preocupado’ com a paralisação das obras, e já chega a falar em ‘buscar alternativa’, caso o Beira-Rio não esteja a pronto para o Mundial. Por conta dos atrasos, Porto Alegre já foi excluída da Copa das Confederações, evento-teste para a Copa.

A opção para Porto Alegre continuar como uma das doze sedes do Mundial seria a Arena do Grêmio, arquirrival do Internacional. O estádio gremista já está em estágio avançado de construção, e a previsão é de entrega para novembro do ano que vem.

O Inter chegou a iniciar as reformas do Beira-Rio, mas teve de interrompê-las, por conta de uma divergência no contrato com a construtora responsável pelas obras. O novo contrato segue ‘emperrado’ sob avaliação dos conselheiros do clube gaúcho.