Publicado em: sexta-feira, 23/08/2013

Bebê que foi raptado em shopping é encontrado

Bebê que foi raptado em shopping é encontradoApós viver pouco mais de 24 horas de angústia, a família do Bebê que foi levado da mãe de um shopping de Americana foi encontrado na tarde desta terça-feira.

A mãe uma adolescente de 15 anos de idade foi levada a cidade de Americana após a suspeita pelo rapto ter dito que haveria uma consulta para a criança na cidade, o pequeno Gabriel de apenas 23 dias nasceu com problemas de coração, por isso a mãe foi com a mulher, que conhecia a família há pelo menos seis meses, desconfiada a sogra da menina resolveu acompanhá-la e quando lá chegaram outra mulher que estava com a suspeita informou que a consulta havia sido desmarcada, sendo assim, ela sugeriu que eles fossem comer em um shopping da região.

No shopping a suspeita comprou um lanche e um suco para a mãe do pequeno Gabriel, segundo informações o cunhado da menina de apenas nove anos de idade, viu quando a suspeita colocou algo no suco da menina, a mãe do pequeno Gabriel começou a passar mal logo após a ingestão do suco, no mesmo momento a suspeita foi com a menina até o banheiro e lá a fez lavar o rosto e a nuca, porém a menina já não conseguia mais ficar em pé, já de volta à praça de alimentação do shopping a suspeita disse que iria comprar uma pipoca para a menina, porque aqueles sintomas eram típicos de pressão baixa, foi nesse momento que a suspeita saiu do shopping levando consigo o pequeno Gabriel.

Segundo informações da família a suspeita conheceu a menina quando ela ainda estava no quinto mês de gestação e dizia que fazia parte de uma ONG que dava assistência à mães de pouca idade, por isso não levantou nenhuma suspeita de que pudesse estar interessada em raptar a criança.

Através de imagens de câmeras de segurança é possível ver quando a mulher sai do shopping Já com os cabelos naturais que são escuros, e fala com alguém pelo celular, minutos depois em outra câmera já é possível ver quando a mulher aparece carregando o Bebê no colo junto com outra comparsa, neste momento a mulher estava novamente com a peruca loira.

Após a divulgação das imagens por vários veículos de comunicação um taxista que já havia feito uma corrida para a suspeita junto com a mãe do bebê reconheceu a suspeita e falou com outro colega, este deu a direção de onde era a casa em que deixou a suspeita com mais uma mulher e a criança, a polícia então foi avisada e se encaminhou para o local, uma casa em Santa Barbara D Oeste em que segundo os vizinhos, duas vezes por semana ocorriam rituais de magia negra, chegando lá a polícia encontrou as duas suspeitas e um bebê que poderia ser o pequeno Gabriel.

As duas foram levadas para a delegacia, onde estão presas, e quando lá chegaram à avó do menino estava lá, ela prestou depoimento e reconheceu a suspeita, logo após veio a confirmação, o bebê era mesmo o pequeno Gabriel, os pais da criança chegaram logo depois e assim a angústia teve um final feliz.

De acordo com a delegada que cuida do caso a primeira linha de investigação é de que essas mulheres façam parte de alguma organização que seja especializada em tráfico de bebês já que a família havia declarado que por muitas vezes essa mulher recebia ligações, onde falava em línguas estrangeiras, porém esse novo fato relatado pelos vizinhos das suspeitas de que na casa onde moravam se praticava rituais de magia negra também será investigado.

As duas comparsas e mais outro suspeito estão presos e a polícia declarou que à medida que forem surgindo novas evidências sobre o caso irá comunicá-los à imprensa.

O pequeno Gabriel foi levado para fazer exames e ele e sua mãe passam bem.