Publicado em: sábado, 15/03/2014

BBB14: Cássio promete a Angela que não vai indicá-la

BBB14Mesmo que sua palavra tenha sido considerada duvidosa por muitos confinados no Big Brother Brasil 2014, Cássio prometeu a Angela que não iria indicá-la para o próximo paredão, como líder que tem o poder de colocar direto na berlinda um dos competidores pelo prêmio de R$ 1,5 milhão. A garantia foi dada durante uma conversa entre Cássio e Angela sobre a próxima votação, quando a advogado contou para o colega que não foi ela quem contou para Tatiele que ele tinha intenções de votar nela na última berlinda.

Ela afirmou que queria deixar claro entre elas que ela não estava fazendo fofoca ou intriga e por isso não comentou nada com a loira, somente com Marcelo, porque foi ele quem puxou o assunto. Ela ainda afirmou que quando Tatiele veio questioná-la sobre o assunto, já tinha certeza do que havia acontecido, estava apenas confirmando uma informação que já havia recebido. Angela ainda concluiu, afirmando que Cássio não tinha obrigação nenhuma de justificar o voto dele para ela, afirmando que já não espera mais nada de ninguém neste jogo, porque as pessoas que ela considerava suas amigas dentro do jogo foram as que mais a decepcionaram, se referindo a Aline e Letícia.

Mas Cássio logo trata de esclarecer que não tem intenção de indicar Angela ao paredão, afirmando que jamais iria votar na paulista. Ele explicou que somente considerou indicar Angela no paredão a ser disputado com Aline, por achar que as duas deveriam resolver o problema entre elas desta forma, da mesma forma como ele aceitaria receber votos da casa em uma berlinda com Roni, com quem ele tinha problemas no confinamento. Angela responde que ela não pensa dessa forma e Cássio rebate que a opinião dele é essa, independente do que Angela pense. Ainda assim, a advogada continua em dúvida se será indicada, lembrando que se o Marcelo for imunizado, Cássio ficará sem opção. Entretanto, ele garante que não pretende indicar Marcelo, porque ele acabou de voltar de um paredão.